BLOG DE INTERESSE GERAL SOBRE O DPF
   



BRASIL, Centro-Oeste, GOIANIA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Spanish, Esportes de aventura, Automóveis
Histórico
27/02/2005 a 05/03/2005
30/01/2005 a 05/02/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
14/11/2004 a 20/11/2004
31/10/2004 a 06/11/2004
17/10/2004 a 23/10/2004
05/09/2004 a 11/09/2004
08/08/2004 a 14/08/2004
18/07/2004 a 24/07/2004
27/06/2004 a 03/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004
06/06/2004 a 12/06/2004
30/05/2004 a 05/06/2004
23/05/2004 a 29/05/2004
16/05/2004 a 22/05/2004
25/04/2004 a 01/05/2004
Outros sites
UOL
UOL SITES
FOTOBLOG

Votação
Dê uma nota para meu blog

 


OPERAÇÃO PACIFICAÇÃO DESENVOLVE AÇÕES NO INTERIOR DO PARÁ

BRASÍLIA/DF – Batizada de Operação Pacificação, a ação da PF no Pará deve durar quatro meses e prevê diversas diligências para a prisão do fazendeiro apontado como mandante do assassinato da religiosa Dorothy Stang, além do acompanhamento do inquérito policial que apura o crime, e ações para desarmar a população local. Sessenta policiais federais já trabalham em equipes no interior do Pará para realizar ações com o objetivo de pacificar a região, palco de conflitos ligados principalmente à questão agrária.

Com o apoio do Exército e das polícias Militar e Civil, a PF deve realizar buscas domiciliares e barreiras policiais com o objetivo de apreender armas. Também serão organizadas equipes móveis e fixas para interiorizar a campanha do desarmamento, facilitando a entrega voluntária das armas e também a regularização daquelas que a pessoa não desejar entregar, de acordo com o Estatuto do Desarmamento.

As equipes da PF trabalharão também no cumprimento de mandados de prisão pendentes, expedidos pela Justiça Estadual e Justiça Federal, além de outras ações pontuais desenvolvidas com o apoio das polícias locais. As bases da PF serão instaladas nas microrregiões das cidades de Altamira, Marabá, Itaituba e Novo Progresso, abrangendo também os municípios de Novo Repartimento, Anapu, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás, Porto de Moz, Castelo dos Sonhos, Rondon do Pará e Pacajá.

O estado do Pará é atualmente o 20º colocado no ranking de entrega de armas na campanha do desarmamento em relação à sua população, com 4.600 armas entregues. “A intenção da PF é de, até o fim da operação, receber 10.000 armas na campanha. Para isso é necessário um engajamento maior das outras polícias, das entidades públicas e de organizações não-governamentais”, informou o delegado Wilson Salles Damázio, coordenador-geral de segurança institucional da PF. A proposta de interiorização dos postos de recolhimento de armas prevê caravanas itinerantes em toda a região.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h39
[] [envie esta mensagem]




OPERAÇÃO AJUSTE FISCAL PRENDE AUDITORES DO INSS

RIO DE JANEIRO/RJ - Policiais federais da Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários (Deleprev), do Rio de Janeiro, iniciaram na manhã dodia 24/02, a operação Ajuste Fiscal para prisão de auditores fiscais da Previdência Social no Rio de Janeiro e cumprimento de mandados de busca e apreensão expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal. As fraudes em fiscalizações feitas pelos fiscais a serem presos podem chegar a R$ 1 bilhão.

Os mandados judiciais foram expedidos com base em inquérito policial da Deleprev, cujas investigações tiveram apoio da Missão Suporte da Polícia Federal baseada no Rio de Janeiro e da Força Tarefa composta pelo Ministério Público Federal e pelo INSS.

Os delegados de Polícia Federal responsáveis pelas investigações e pela operação de prisão e de buscas darão entrevista coletiva às 10h30 na sede da Superintendência Regional.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h38
[] [envie esta mensagem]




OPERAÇÃO GATILHO FAZ MAIOR APREENSÃO DE MUNIÇÕES

PORTO ALEGRE/RS – A operação Gatilho, desencadeada pela Polícia Federal nos estados do Rio Grande do Sul e Pernambuco, realizou a maior apreensão de munição já feita pela Polícia Federal. São aproximadamente 2 caminhões de munição ilegal apreendidas no Rio Grande do Sul. Em Recife, em uma empresa de caça e pesca, foram apreendidas munição de AR 15, e de calibres restritos: .40 e 9 mm. Além da munição, também foram apreendidas armas e 5 barris de pólvora.

Foram presas na operação 5 pessoas: 4 em Porto Alegre e 1 em Recife. A operação, desencadeada na noite de 21 de fevereiro, envolveu 100 policiais federais e tinha como objetivo a desarticulação de uma organização criminosa que atuava no tráfico de armas e munições que estavam sendo adquiridas no estado do Rio Grande do Sul e distribuídas em outros estados brasileiros.

Há buscas e apreensões ocorrendo até este momento em endereços comerciais e residências do comerciante de caça e pesca em Pernambuco, ANTÔNIO FERREIRA DE FARIAS. Além dos endereços em Recife (PE), aconteceram buscas no Rio Grande do Sul.

As investigações da PF indicam que o comerciante preso em Recife era responsável pela distribuição de armas e munições ilegais para todos os estados da região Nordeste. A PF vai investigar também o uso das armas comercializadas pela empresa de ANTÔNIO em crimes ocorridos na região.

Os presos serão indiciados nos crimes de formação de quadrilha e no artigo 17 do Estatuto do Desarmamento, de comércio ilegal de armas e munições, que prevê pena de 4 a 8 anos.

Disfarce - Um caminhão, devidamente preparado com fundo falso, placas JKW 1320, da cidade de Recife (PE), foi enviado ao Rio Grande do Sul para o transporte da mercadoria. Dois caminhoneiros se revezaram na direção do veículo. O caminhão foi recepcionado por um funcionário de uma empresa de armas e munições estabelecida em São Leopoldo (RS), integrante da quadrilha, que providenciou o carregamento do veículo com munição devidamente legalizada e acompanhada por nota fiscal.

Por orientação desse funcionário, o caminhão seguiu viagem para a cidade de Estação (RS), onde, com a ajuda do proprietário da empresa Brustolin & Brustolin Ltda., estabelecida naquela cidade, acondicionaram no fundo falso do veículo, grande quantidade de munições, desacompanhada de qualquer documentação legal.

O caminhão seguiu viagem em direção à Santa Catarina com intenção de retornar para Recife a fim de entregar a mercadoria a um proprietário lojas de armas e munições. Na altura da cidade de Passo Fundo (RS) o veículo foi interceptado pelos policiais federais. Em flagrante foram presos Humberto Silva e Manuel Santos, responsáveis pelo transporte da mercadoria.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h36
[] [envie esta mensagem]




FORÇA TAREFA PREVIDENCIÁRIA DESENCADEIA OPERAÇÃO CARONTE

BELÉM/PA - A Força Tarefa no Pará, constituída pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Ministério da Previdência Social, realizou nesta sexta-feira, dia 18, a “Operação Caronte”. Foram cumpridos 22 mandados de prisão e 20 mandados de busca e apreensão expedidos pela 3 ª Vara Federal desta capital contra servidores públicos do INSS, advogados e empresários.

A operação se desenvolveu na grande Belém, bem como nos municípios de Marabá, Dom Eliseu e Santarém. A ação visava desarticular uma quadrilha que agia fraudando a Previdência Social inserindo dados falsos nos sistemas do órgão, para simular regularidade fiscal de determinadas empresas favorecidas para o fim de expedição de Certidão Negativa de Débito, dentre outras benesses fiscais indevidas. A CND é necessária para o recebimento de pagamentos com dinheiro público por obras e serviços. Ainda em janeiro deste ano o grupo conseguiu expedir uma CND fraudada.

As empresas, para tanto, mantinham contato com auditores fiscais, servidores administrativos e ex-servidores do INSS para que estes, mediante pagamento de vantagem indevida (propina), executassem os atos materiais da fraude.

Durante as buscas foram apreendidos computadores, documentos e até armas nas empresas e casas dos acusados. Aproximadamente 200 mil reais em dinheiro e 30 carros também foram recolhidos pela PF. O material será analisado pelos peritos da PF. Os presos serão transferidos para a Penitenciária de Americano, Presídio Metropolitano de Marituba e para o Centro de Recuperação Feminino do Coqueiro.

Segundo as investigações, que duraram quase um ano, Iolanda Cardoso, ex-chefe de arrecadação do INSS no Pará, é apontada como uma das líderes do esquema. Os outros acusados eram auditores fiscais, agentes administrativos da Previdência, empresários, advogados, contadores e até um ex-coronel da PM.

O delegado responsável pelo inquérito já solicitou à Previdência Social a auditoria de 20 empresas investigadas. O objetivo da auditoria é o de verificar a regularidade fiscal e a idoneidade das CND´s emitidas. Alguns dos depoimentos prestados pelos presos confirmam a venda de CND´s pelos servidores do INSS e empresários.

Todos serão indiciados por formação de quadrilha. Os servidores do INSS serão indiciados em corrupção passiva, advocacia administrativa e inserção de dados falsos. Os ex-servidores serão indiciados em tráfico de influência. Os empresários e demais envolvidos serão indiciados por corrupção ativa.

O nome da operação faz referência a Caronte, o barqueiro que, na mitologia grega, transportava os mortos para o reino de Hades, última morada das almas. A travessia só era feita mediante pagamento ao barqueiro.

Participam da operação 194 policiais federais do Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Amapá, além de 28 auditores da Previdência Social.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h28
[] [envie esta mensagem]




POLÍCIA FEDERAL RECEBE NOVAS VIATURAS PARA AÇÕES EM ÁREA RURAL

BRASÍLIA/DF - A Polícia Federal conta a partir de agora com novos veículos especiais para operações em áreas rurais. As 185 viaturas Nissan Frontier serão apresentadas ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, ao diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Lacerda, e ao superintendente da PF em São Paulo, José Ivan Guimarães Lobato, nesta sexta-feira (18), em Mogi das Cruzes (SP). Os carros são adaptados para missões ostensivas.

Oito dessas viaturas adaptadas serão enviadas imediatamente à Superintendência da Polícia Federal no Pará. O restante será distribuído entre os demais estados, em especial na Região Norte. Os veículos ajudarão nas missões em campo por serem mais resistentes e terem tração nas quatro rodas.

Além das caminhonetes Frontier, os estados já estão recebendo, direto da fábrica, 458 Fiats Siena e 25 Astras, que serão enviados aos Núcleos Especiais de Polícia Marítima (Nepons), e aproximadamente 100 carros comprados diretamente pelas Superintendências Estaduais. Todos os veículos foram adquiridos com recursos do orçamento da União de 2004 e custaram ao Departamento de Polícia Federal R$ 20 milhões.

A Polícia Federal é hoje uma importante instituição que utiliza inteligência e planejamento em suas operações de combate à corrupção e ao crime organizado. Nos últimos 18 meses, foram realizadas pelo menos 60 grande operações, como Anaconda, Vampiro e Gafanhoto, entre outras. Elas resultaram na prisão de mais de 980 pessoas, entre eles mais de 40 policiais federais.

Modernização - O Governo Federal tem investido na modernização e recuperação de suas polícias, de acordo com as diretrizes estabelecidas no Plano Nacional de Segurança Pública. Entre as ações que têm sido desenvolvidas está a aquisição de viaturas, o aumento do efetivo policial e a retomada do Promotec/Proamazônia, contrato firmado em 1998 pela PF e o Ministério do Interior francês para modernizar o Departamento.

O acordo com o governo francês visa o fornecimento de sistemas, equipamentos, materiais e peças de reposição, no prazo de até 12 anos. É um investimento de US$ 425,2 milhões que prevê a revitalização das unidades da PF, fixação de novas bases operacionais em áreas críticas, ampliação dos segmentos técnico e científico e a criação de mecanismos de consulta, cooperação, avaliação, planejamento e coordenação integrada com organizações policiais de todo o mundo.

O principal objetivo do investimento é reforçar a ação da PF nas fronteiras da Amazônia, por onde passam o crime organizado, o tráfico de drogas e o contrabando de armas pesadas.

Cerca de cinco mil novos policiais estão sendo incorporados ao quadro do DPF desde o ano passado. Além disso, foi realizado em 2004, concurso para funcionários administrativos que substituirão os servidores policiais das funções burocráticas. Em 2005, o DPF ampliará em aproximadamente 18% o efetivo atual com a formação de 1.437 policiais.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h27
[] [envie esta mensagem]




OPERAÇÃO “TERRA NOSTRA” DESMONTA QUADRILHA DE GRILEIROS

PALMAS/TO - Cerca de 150 policiais federais participaram da operação Terra Nostra, realizada na manhã desta quinta-feira, dia 17, nos municípios de Palmas, Colinas do Tocantins, Bandeirantes, Presidente Kennedy, Guaraí e Tupiratins. Foram presas 15 pessoas.

Há cerca de um ano a Polícia Federal em Tocantins investiga a atuação de um grupo que agia principalmente na cidade de Colinas do Tocantins, distante aproximadamente 270 quilômetros de Palmas. Os integrantes da quadrilha atuavam na grilagem de terras em áreas sem título de domínio no norte do estado. As terras nessa região atraem o interesse por causa da grande valorização que têm, em virtude do terreno arenoso que possibilita excelente aproveitamento no plantio de soja.

Os acusados agiam de forma ordenada, falsificando documentos relativos à posse e propriedade das terras, forjando contratos de cessão de direitos de posse a fazendeiros de outros estados e, pressionando, com ameaças de violência, os interessados que efetuavam a negociação a desistirem da compra, recebendo de volta menos da metade do valor pago. O grupo era chefiado por Luis Carlos Fagundes, segurança do candidato derrotado a prefeitura da cidade de Bandeirantes, Josafá Camilo. Integram ainda a quadrilha o advogado Ronaldo de Sousa Assis, a tabeliã do Cartório de Registros de Imóveis da cidade de Tupiratins, Lucinete de Souza da Silva Araújo, além de pistoleiros e corretores de imóveis. Oficiais de justiça e policiais civis também fazem parte do grupo.

Todo o material arrecadado e os acusados presos vão ser encaminhados à Superintendência da Polícia Federal, em Palmas, onde vão ser indiciados pelos crimes de formação de quadrilha, estelionato, ameaça, extorsão, falsidade ideológica, falsificação de documentos públicos, esbulho possessório, corrupção e outros crimes previstos no Código Penal Brasileiro.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h26
[] [envie esta mensagem]




OPERAÇÃO CATAMARÃ APREENDE 123 KG DE MACONHA

RECIFE/PE - Dando continuidade as atividades ininterruptas de repressão ao tráfico internacional de entorpecentes, policiais federais lotados na Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), deflagraram na noite de ontem, dia 15, a Operação Catamarã, onde foram presos em flagrante, os brasileiros Fábio de Albuquerque Cordeiro, 28 anos, e Edson Moraes do Nascimento, 27 anos, de posse de 123,85kg (cento e vinte e três quilos e oitenta e cinco gramas) de maconha.

A prisão ocorreu em virtude de investigações, que davam conta que os presos traziam consigo um pacote de maconha. Durante a abordagem, Edson confessou que existiam outros pacotes da droga, numa casa alugada por Fábio, em Barra de Jangada, na cidade de Jaboatão dos Guararapes (PE). Os policiais federais foram até a casa indicada e encontraram, aproximadamente, 122 pacotes de maconha, embaladas da mesma maneira do pacote encontrado com os traficantes anteriormente. Durante a operação foram apreendidos também dois veículos e uma motocicleta. A droga esta avaliada em R$ 73.800,00 (setenta e três mil e oitocentos reais) e acredita-se que a mesma seja proveniente do sertão pernambucano.

Após a droga ter sido encontrada, os traficantes receberam voz de prisão em flagrante, sendo informados de seus direitos e garantias constitucionais. Eles foram levados até a sede da Superintendência da PF em Pernambuco, onde foram autuados em flagrante pelo delegado Antônio de Pádua, como incurso nas penas do artigo 12 caput da lei nº 6368/76, pelo crime de tráfico de entorpecentes, com penas que variam de 03 (três) a 15 (quinze) anos de reclusão.

Após as formalidades legais de praxe os mesmos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal, para exames de corpo de delito e em seguida, conduzidos ao Centro de Triagem e Observação Criminal professor Everardo Luna .

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h24
[] [envie esta mensagem]




PF DESENCADEIA OPERAÇÃO CLONE NO DISTRITO FEDERAL

BRASÍLIA/DF - A Polícia Federal desencadeou na manhã do dia 16/02, a Operação Clone, para prender uma quadrilha que lesava centenas de correntistas por meio de fraudes bancárias. Cerca de 60 policiais federais cumpriram 4 (quatro) mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz da 12ª Vara Federal, Ronaldo Desterro.

Segundo as investigações realizadas pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência do Distrito Federal, o grupo executava fraudes através da Internet e obtinha, através de empregados dos bancos, os saldos e dados pessoais dos clientes a serem lesados. Com isso eram realizadas transferências ilegais de contas corrente, poupança e outras aplicações. O principal alvo da quadrilha era a Caixa Econômica Federal, mas há registro de ocorrências contra correntistas do Banco do Brasil, Itaú e Bradesco. Além do Distrito Federal, o grupo atuou contra clientes de mais quatro estados (RJ,GO,CE,SP). Os valores desviados podem chegar a 10 milhões de reais.

Todos os presos possuem antecedentes criminais e já respondem a processos por estelionato contra bancos e outros delitos. Todos serão indiciados pela prática dos crimes de formação de quadrilha, furto qualificado, estelionato, violação de sigilo bancário, corrupção ativa/passiva e lavagem de dinheiro.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h23
[] [envie esta mensagem]




OPERAÇÃO BIG BROTHER

PF DESCOBRE FRAUDES MILIONÁRIAS CONTRA ELETROBRÁS E PETROBRÁS

CURITIBA/PR - A Polícia Federal realizou em 15/02, em Curitiba e Recife, a Operação Big Brother, em cumprimento a 14 mandados de busca e apreensão e 5 mandados de prisão preventiva. As investigações indicam que os suspeitos fraudavam documentos para obter o pagamento de títulos da dívida pública da Petrobrás, Eletrobrás e Banco do Brasil. Em apenas um dos golpes eles teriam tentado obter, fraudulentamente, R$ 600 milhões. Os mandados foram expedidos pelo juiz da 2º Vara Criminal de Curitiba.

Noventa e três policiais, divididos em 15 equipes, realizam neste momento os mandados de busca e apreensão. Eles procuram documentos, minutas, petições ou decisões judiciais referentes às instituições federais lesadas pela fraude nos escritórios de advocacia dos indiciados e nas residências dos mesmos.

Somente no estado do Paraná a Eletrobrás descobriu ser ré em 49 ações judiciais semelhantes, todas elas com valores milionários, chegando a atingir R$ 553.933.290,24 e 237.393.577,34 em dois dos casos registrados.


Modus Operandi

1. Aliciamento de gerentes e funcionários do BB com oferta de propinas, em grandes valores, para que realizem o bloqueio e transferência eletrônica dos numerários visados – sem a observância dos trâmites normativos impostos pelo banco – tudo sob a aparência de legalidade, haja vista que tal conduta seria em obediência a uma ordem judicial.

2. É proposta uma ação contra a PETROBRÁS ou ELETROBRÁS calcada em supostos créditos de pessoas físicas ou jurídicas, ou em títulos “caducos”, sempre com pedido de antecipação de tutela.

3. Também mediante o oferecimento de altas propinas, é fraudado o procedimento de distribuição da carta precatória ou da ação através da qual é obtida a ordem judicial.

4. A ordem judicial é cumprida, mediante a intimação do gerente aliciado, através de oficial de justiça, sob pena de desobediência.

5. O numerário visado é pulverizado para diversas contas correntes, possivelmente em nome de “laranjas” e sacado em localidades diversas.


Casos Antecedentes:


As investigações iniciaram em novembro de 2003, quando a Gerência de Segurança e Inteligência do Banco do Brasil procurou a SR/DPF/PR noticiando que o gerente geral de uma de suas agências em Curitiba/PR havia recebido proposta milionária para que cumprisse uma ordem judicial sem comunicar ao departamento jurídico do Banco. A propina oferecida ao gerente, na época, era de 3 milhões de dólares. O golpe, que não chegou a se realizar, seria de 90 milhões de reais. A partir de então, a PF passa a acompanhar as ações do grupo, até identificar todos os participantes da organização criminosa.

O nome da operação é uma referência às siglas da instituição financeira lesada, o Banco do Brasil.
 
Fonte: www.dpf.gov.br


Escrito por VERONICA às 02h22
[] [envie esta mensagem]




DUAS OPERAÇÕES APREENDEM 6 KG DE COCAÍNA E 89 KG DE MACONHA

PORTO ALEGRE/RS - 14/02 - Neste final de semana foram desencadeadas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Superintendência da PF no Rio Grande do Sul duas operações policiais que resultaram na apreensão 6,830 kg de cocaína e 89,5 kg de maconha, além de cinco prisões.

A primeira ação aconteceu no domingo, dia 13, na rodovia RS 240, km 13, município de Portão (RS). Por volta das 16 horas, os policiais federais abordaram um ônibus de transporte regular, pois, conforme tinha sido apurado em investigações, passageiros trariam consigo substância entorpecente. Após minuciosa revista, o cão farejador deu sinal avisando sobre a possível presença de entorpecentes no interior da bagagem de um casal, o que se confirmou após a abertura das sacolas. Foram apreendidos cinco pacotes, envoltos em fita adesiva parda, contendo cocaína na bolsa da mulher; e oito tabletes, envoltos em balões de borracha, na do homem, totalizando 6,830 kg de cocaína. Foram presos em flagrante Luis Vanderlei Paulo Bandeira, morador de Canoas (RS), e Noemi Pereira, moradora de Foz do Iguaçu. Após a lavratura do flagrante, Noemi foi recolhida à Penitenciária Feminina Madre Pelitier; e Luis ao Presídio Central de Porto Alegre.

Já na madrugada de hoje, dia 14, foram presos Leocir Ribeiro Borges, Edvaldo Diniz e Marilaine de Almeida, que carregava nos braços o filho D.F.S. de apenas 2 meses. A prisão ocorreu na BR-116, próximo ao município de São Leopoldo (RS). O grupo vinha sendo investigado há cerca de trinta dias pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF. Leocir e Edvaldo foram abordados no momento em que concluíam a transação para venda de cocaína. Na camionete Ipanema que era dirigida por Edvaldo foram encontrados 89,5 kg de maconha distribuídas em tijolos e ocultos nas laterais das portas e sob os estofamentos dos bancos. As investigações apuraram que há aproximadamente duas semanas Edvaldo esteve hospedado em um hotel em São Leopoldo e manteve contato com Leocir Ribeiro. A operação contou com o apoio do 25º Batalhão da Brigada Militar de São Leopoldo.

Os detidos foram conduzidos até a Superintendência Regional da Polícia Federal e, após, recolhidos ao Presídio Central de Porto Alegre e Penitenciária Feminina Madre Pelitier.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h20
[] [envie esta mensagem]




PF DESCOBRE NOVA ROTA DO TRÁFICO DE COCAÍNA

BRASÍLIA/DF - A Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Federal apreendeu no sábado, dia 12, no posto da Polícia Rodoviária Federal localizado na BR-060, em Samambaia (DF), 720 gramas de cocaína pura, trazida de Salvador (BA) até então uma rota desconhecida. João Daniel da Silva, 37 anos, foi preso e indiciado por tráfico de drogas, com pena prevista de 3 a 15 anos de reclusão.

Na última sexta-feira, dia 11, a Delegacia de Repressão a Entorpecentes recebeu uma denúncia anônima, proveniente de Salvador. Segundo a informação, uma pessoa conhecida como Daniel teria iniciado viagem para a cidade de Goiânia (GO), em um veículo GM/Kadett, cor verde, placa JDR 3683, transportando cocaína. O denunciante ainda informou que Daniel já havia sido preso por tráfico de drogas.

Uma equipe policial foi destacada para se deslocar na manhã do sábado, dia 12, até o posto da Polícia Rodoviária em Samambaia para tentar identificar o referido veículo. Por volta das 18 horas, o veículo foi identificado e abordado, tendo sido confirmado que o motorista se chamava João Daniel da Silva. Na busca preliminar, nada foi encontrado. O automóvel acabou sendo levado até a sede da Superintendência Regional do Distrito Federal, devido ao nervosismo de Daniel.

Acionado o Serviço de Canil Central, dois cães farejadores acusaram a caixa de ar do veículo como sendo o local onde estaria escondida a droga. Ao desmontar a peça, foram encontrados dois pacotes contendo cocaína pura. No momento da prisão, João Daniel se reservou ao direito de permanecer em silêncio. Estima-se que a droga esteja avaliada em 12 mil reais.

Acredita-se que a rota do tráfico descoberta pelos policiais tenha relação com o Carnaval da Bahia, quando a cidade fica abastecida de todo o tipo de droga.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h18
[] [envie esta mensagem]




PF EM GUAÍRA RESPONDE POR QUASE 13% DA MACONHA APREENDIDA NO BRASIL

GUAÍRA/PR - Apesar das grandes dificuldades enfrentadas em razão da escassez de recursos humanos e financeiros, a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra foi responsável direta ou indiretamente pela apreensão de 19,8 toneladas de maconha durante o ano de 2004. Desse total, 14.046 kg são de apreensões diretas e outros 5.756 kg vieram de operações conjuntas e ações controladas nas quais a unidade de Guaíra também participou.

Comparando os números com as estatísticas divulgadas pelo Departamento de Polícia Federal, o total de maconha apreendida pela Delegacia de Guaíra corresponde a 12,88% do entorpecente interceptado pelos federais em todo o Brasil e ainda 46% do total da Região Sul do país. A maior ação de combate ao tráfico de entorpecentes ilícitos aconteceu em 18 de junho de 2004, quando um caminhão tanque foi abordado na ponte Ayrton Sena que liga o Paraná ao Mato Grosso. Dentro do contêiner utilizado para o transporte de lama asfáltica foram encontrados 7.129 quilos de maconha. Além de entorpecentes, as operações da Delegacia de Guaíra também resultaram na apreensão de armas e diversos outros produtos, principalmente cigarro.

MAIOR APREENSÃO DE CIGARROS EM UMA ÚNICA VEZ

A Delegacia de Polícia Federal em Guaíra foi responsável pela maior apreensão de cigarros no país, em uma única operação. No início de dezembro do ano passado, ao final de um intenso trabalho de investigação, foi desencadeada a Operação Rasteira que culminou com o desmonte de uma grande quadrilha responsável por parte dos cigarros contrabandeados do Paraguai para o Brasil.Naquela oportunidade foram presas na região de Umuarama, cidade do noroeste paranaense, 6 pessoas e apreendidos diversos veículos, entre os quais 5 caminhões, 2 automóveis e uma moto, além de mais de 1000 caixas de cigarros.

A região de Guaíra (foto), em razão de sua localização na fronteira entre o Brasil e Paraguai e pela presença do lago de Itaipu é uma das principais portas de entrada de drogas e contrabando para o Brasil.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h17
[] [envie esta mensagem]




OPERAÇÃO PRETORIUM PRENDE ENVOLVIDOS EM FRAUDE NO TRE DE RORAIMA

BOA VISTA/RR - A Polícia Federal desencadeou hoje em Boa Vista a Operação Pretorium, para prisão de servidores e familiares de magistrados envolvidos com irregularidades do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima. Ao todo foram cumpridos 7 (sete) mandados de prisão e 3 (três) mandados de busca e apreensão.

Durante as investigações, que iniciaram em agosto de 2004 à pedido do Ministério Público Federal, foram detectadas diversas irregularidades no TRE de Roraima, atinentes ao pagamento indevido de diárias e a omissão administrativa em adotar providências que assegurassem o ressarcimento ao erário público. Paralelamente, foram desenvolvidos trabalhos de análise dos dados coletados pelo serviço de inteligência.

Entre as irregularidades encontradas estavam “viagens fantasmas”, onde o servidor simula um deslocamento para fora da sede de trabalho e permanece na cidade, recebendo as diárias correspondentes ao período de viagem constante no documento; viagens graciosas, quando servidores, viajam sob a alegação de participar de eventos oficiais, dentro e fora do país, e se ocupam também de atividades de caráter pessoal, completamente estranha à justificativa declarada, beneficiando-se com passagens aéreas e diárias pagas pelo TRE/RR; fraude na concessão de horas extras; e desvio de verbas públicas destinadas às eleições de 2004; além de um esquema de repasse de salários, onde alguns servidores ocupantes de cargos comissionados eram obrigados a repassar boa parte de seus salários para esposa ou para a sogra de um desembargador do TRE, sob pena de perderem seus cargos.

Segundo o superintendente da Polícia Federal em Roraima, delegado José Francisco Mallman, “esta é a conclusão apenas da 1ª fase das investigações”. A PF espera que a análise dos documentos leve a outras pessoas envolvidas no esquema.

Ao todo participaram da operação 63 policiais federais das superintendências de Roraima, Amazônia e Rondônia. Os presos devem ser encaminhados para a cadeia pública de Boa Vista.

O NOME DA OPERAÇÃO

O termo “Pretorium” designava o edifício sede de trabalho do Pretor (antigo magistrado com autoridade judicial que exercia seus poderes na Roma antiga). Com a adaptação portuguesa, PRETÓRIO, é presente na terminologia da linguagem forense e bastante empregado atualmente para designar cortes e órgãos judiciais colegiados.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h16
[] [envie esta mensagem]




PF PRENDE HACKERS QUE ROUBAVAM DINHEIRO DE CORRENTISTAS DA CAIXA

PORTO ALEGRE/RS - Na tarde do dia 09.02.2005, por volta das 15 horas e 30 minutos, uma ação conjunta da área de segurança da Caixa Econômica Federal, da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência Regional da Polícia Federal no RS e da Delegacia de Polícia Federal de Pelotas prendeu R.P.B, estudante, de 21 anos; e o advogado M.W.S, de 46 anos.

Presos em flagrante na agência da Caixa Econômica Federal do centro de Pelotas/RS enquanto sacavam a quantia de R$ 46.700,00, a dupla costumava apropriar-se dos dados bancários dos correntistas via internet. Um Trojan, ou Cavalo de Tróia, era inserido nos computadores dos correntistas, onde se apoderavam de informações bancárias dos mesmos. Os criminosos simulavam sites falsos dos bancos, bem como de prestadores de serviços, e o correntista, ao abri-lo, instalava o trojan que passava a copiar suas informações confidenciais e remetê-las aos criminosos.

Nos últimos dois (2) meses já haviam sido sacados R$ 98.370. Na semana passada, mais R$ 20.000,00 foram retirados.

As investigações seguem em andamento a fim de levantar o paradeiro do dinheiro roubado, razão pela qual os nomes dos envolvidos ainda não foram divulgados.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h15
[] [envie esta mensagem]




OPERAÇÃO NICOTINA JÚNIOR APREENDE CIGARROS CONTRABANDEADOS

NAVIRAÍ/MS - A Polícia Federal em Naviraí/MS deflagrou na madrugada do dia 04/02/2005 (sexta-feira), a Operação Nicotina Júnior visando combater o contrabando de cigarros na cidade.

Após investigações realizadas, constatou-se que uma pessoa de nome CLAUDINO BERLATO comprava cigarros de origem estrangeira e os revendia em diversos estabelecimentos comerciais na cidade de Naviraí/MS. Com estas informações, a PF de Naviraí, no dia 4 de fevereiro, cumpriu mandado de busca na residência de CLAUDINO, no centro da cidade encontrando no interior da mesma diversas caixas com pacotes de cigarros provenientes do Paraguai e duas mulheres em duas bicicletas com caixas de madeira acopladas na garupa que também faziam a distribuição do produto. Claudino utilizava como armazém um sítio de sua propriedade localizado no assentamento Santa Rosa, área rural de Itaquiraí/MS, onde foram encontradas mais caixas com cigarros de origem estrangeira, totalizando 1.952 (um mil novecentos e cinqüenta e dois) pacotes.

Todos os envolvidos foram conduzidos à delegacia juntamente com o produto apreendido, sendo lavrado o Auto de Prisão em Flagrante por infração ao crime de contrabando.

Lavrado o Auto, uma equipe dirigiu-se a diversos mercados e bares da cidade, que haviam comprado cigarros estrangeiros para revenda, apreendeu o produto e intimou os proprietários dos estabelecimentos a prestarem depoimento na Delegacia de Polícia Federal.

Fonte: www.dpf.gov.br



Escrito por VERONICA às 02h13
[] [envie esta mensagem]


[ ver mensagens anteriores ]